Arquivo por Tag Mascarpone

Tiramisú

10 dezembro

O tiramisù “puxa-me para cima”, assim chamado por ser muito energético é uma sobremesa tipicamente italiana, possivelmente originária de Treviso, região do Vêneto, e que consiste em camadas de pão de ló (em geral substituído por biscoitos do tipo inglês ou champagne) embebidas em café, entremeadas por um creme à base de queijo mascarpone e polvilhadas com chocolate amargo. Mas a receita original comporta muitas variações.
Vocês conhecem Mascarpone?  Sempre fiquei assistindo meus queridos e amados programas de culinária e constantemente aparecia esse queijo mascarpone. Como sou muito curiosa corri atrás dele, rs. Foi uma relação de amor à primeira vista. Uso muito em receitas doces, risotos e até no pão fica uma delicia. Hoje em dia é super fácil de achar, claro que o preço é bem salgadinho.  Os amantes de queijo sofrem aqui no Brasil.

Voltando ao tiramisú, existem algumas hipóteses sobre a sua origem. Uns a localizam no século XX, após a Segunda Guerra, em Trevisto, Vêneto, no restaurante “Da Alfredo”, a primeira casa do grupo “Torlá”. O nome viria às sobremesas energéticas “che ti tira su” (que te faz levantar) usada para revigorar boêmios, em especial nas noitadas dos bordéis (case chiuse) do Vêneto. Todavia, o próprio restaurante não reivindica sua criação.

Outra possibilidade é que tenha sido criado no restaurante Le beccherie, em Treviso.  Já tem relatos que consideram como originária de Florença, Toscana, num banquete em homenagem a Cosimo III da família Médici.

Para atender uma legião de amantes dessa sobremesa maravilhosa, desenvolvemos nosso bolo gourmet de tiramisú. Ele leva os mesmo ingredientes que o famoso doce italiano. Muito café, mascarpone e pão de ló. Excelente para surpreender seus convidados. Além de lindo esse bolo é ideal para pessoas que não sou muito fã de doces.

Corre lá e peça o seu!

tiramisu

facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Tutorial Bolo de Caramelo!

12 novembro

A gente tarda mas não falha! Enfim o tutorial prometido na semana passada.

Amo caramelo! Amo amo amo!! Essa receita que vou postar hoje é a best ever! A decoração parece complicada mas confia em mim, dá para fazer e ainda tirar onda com os amigos, rs.

Espero que gostem.

Para o Bolo:

  • Place your list items here
  • 175g de manteiga sem sal temperatura ambiente;
  • 175g farinha de trigo peneirada com fermento;
  • 1 colher de chá de fermento em pó ( eh isso mesmo, mais fermento!);
  • 3 ovos ligeiramente batidos no garfo;
  • 100g açúcar;
  • 75g açúcar marcavo;
  • 1 colher chá essência de baunilha;

Pré aqueça o forno a 180°. Unte duas formas redondas de 20 cm com manteiga e forre com papel manteiga.

Use batedeira, processador ou mixer. Peneire a farinha de trigo e o fermento em uma tigela, acrescente a manteiga, os ovos, os açúcares e a essência de baunilha. Não bata demais, apenas até ficar homogêneo.

Divida a massa entre duas fôrmas, nivele e asse por 20-25 minutos, até o palito espetado no centro sair limpo. Tire do forno e deixe nas fôrmas por alguns minutos e desenforme sobre a grade. Tire o papel e deixe esfriar completamente.

Para a Cobertura e o Recheio:

  • 500g queijo mascarpone;
  • 1 colher sopa melado;
  • 1 colher sopa de glicose de milho;
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavo;

Coloque o queijo numa tigela e acrescente o melado, a glicose e o açúcar.

Dicas da boleira

  • Para o bolo dar certo todos os ingredientes devem estar em temperatura ambiente;
  • Muito importante pré aquecer o forno;
  • Peneirar a farinha parece frescura mas não é!;

Gotas de avelã e caramelo

Essas gotas são puro glamour e riqueza!! Para fazê-las, basta dominar a arte de preparar o caramelo ( coisa simples! Hahaha. Perdi a conta de quantos caramelos tive que fazer para aprender. Não desistam!

  • 30 avelãs;
  • 24 palitos de churrasco com ponta;
  • 110g de açúcar;

Pré aqueça o forno em 170°. Espalhe as avelãs na assadeira e toste por 5 minutos. Deixe esfriar completamente. Insira a ponto do palito com cuidado em cada avelã. Espalhe um jornal no chão, em torno da mesa, e coloque por cima uma folha grande de papel manteiga, exatamente embaixo da tábua que vai pressionar os palitos na hora de escorrer.

Derreta o açúcar em 100ml água em uma panela de fundo grosso, em fogo baixo, mexendo com uma colher de metal. Use um pincel de confeitaria úmido para tirar os cristais de açúcar das laterais. Quando não houver mais cristais, aumente o fogo. Não mexa! Vai adquirir uma cor âmbar. Deixe cair uma gota numa tigela pequena com água gelada. Se rachar e formar uma bola, está pronto. Tire do fogo e deixe esfriar um pouco ( engrossar!)

Pegue o palito com avelã e mergulhe no caramelo. Deixe o excesso cair na panela e  quando formar um fio fino, prenda o palito debaixo da tábua grossa para que o caramelo possa pingar no papel manteiga que está no chão. Repita com os outros avelãs. Depois de 5 minutos as gotas terão endurecidos.

Com cuidado retire os palitos e coloque as gotas sobre o bolo.

A decoração tem que ser feita na hora, pois ela derrete com o tempo.

Ufa!! acabou. Escrevendo a receita me dei conta que ela é muito trabalhosa, rs. Eu que adoro me perder nesses experimentos nem tinha me dado conta. Por isso escolha um dia que não tenha nada para fazer e divirta se!!!

Essa receita foi retirado do maravilhoso livro da Fiona Cairns – Bolos de aniversário

turorial

facebooktwittergoogle_pluspinterestmail